Contato

Entre em contato para saber mais sobre agachar-se: deixe sua opinião, dúvida ou sugestão.

E-mail para contato: agachamento@gmail.com

20 comments for “Contato

  1. Melina Sanchez
    25 de maio de 2011 at 11:44

    Marina-flor, um avanço ter este site para que nós, admiradores, possamos ter acesso a esta riqueza de conhecimento e criatividade que você é. Espero que além de “alimentar” fãs, este site possibilite novos contatos e muitos trabalhos interessantes. Gostei do “tópicos recentes” – é um convite à re-visitas – sempre novidade.
    Ainda não li tudo – é bastante material, mas como sempre, super agradável de ser lido. Talvez uma breve explanação sobre como navegar neste site-blog seja interessante – pode ser inclusive no corpo do email que vc enviar divulgando. Beijo e obrigada por este presente! Melina

  2. LEILA DIAS
    26 de maio de 2011 at 13:08

    MARINA, MIHA PROFESSORA MALUQUINHA!
    PARABENSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS, ADOREI O TEXTO DOS LOBOS!
    VOU INDICAR O SITE.
    BEIJOS
    LEILA

  3. márcia fernandes
    31 de maio de 2011 at 22:05

    Oi, delícia de blog.
    Tem a opção Seguir?
    abços,
    Márcia

    • agachamento
      5 de junho de 2011 at 14:30

      Olá Márcia; estamos verificando a opção “Seguir”, ok?
      um abraço
      Marina

  4. Andrea
    1 de junho de 2011 at 00:59

    Marina loba,
    agachar-se com você é elevar o pensamento à altura de profundos devaneios…
    está lindo o site! é a “sua cara” rsrs
    beijos
    Andréa

  5. Fatima Pedrozo
    16 de junho de 2011 at 22:13

    Marina,

    Passei pelo site e aprendi e apreendi mais sobre as suas experiências.
    Lendo a sua história, fiquei com saudades do ano de 1976 quando cursamos junta o 1° colegial. Tenho ótimas lembranças daquele ano!
    Foi bom te reencontrar!
    bjs,
    Fatima

    • agachamento
      17 de junho de 2011 at 12:22

      Que bom, Fátima! Venha mais vezes comer “beirute virtual” comigo, e também podemos nos ver presencialmente!
      um beijo
      da Marina

  6. Thereza Peric
    16 de julho de 2011 at 14:30

    Marina!!!! Morning!!!! Fui ontem ver o Thomas!!! estou ainda maquinando… Seu texto pega a coisa no âmago!!!!! Eu estava pensando…ainda prefiro investir no crescer eterno das pequenas plantas…aquelas que não param de brotar!!!! Trabalho pequeno, de crenças suadas, eu quero apostar na vida!!!!
    As falas repetidas movem-se mais para o significado, direcionam-se para o semântico…No estudo atual, eu tenho buscado a sonoridade, a escuta, sutil, de verdade, das possibilidades que a fala como música pode oferecer. Gostei das palavras ditas como reza, como uma entonação característica…
    É o que você falou…criticar o bombástico com o próprio bombástico…
    beijão…sigo meu caminho..entre silêncios…surdos sons não solenes…sem sinais sacudindo sistemas santificados…

  7. Shirley da Silva Santos
    9 de setembro de 2011 at 13:22

    Olá Marina,
    Sou Shirley da Secretaria Municipal de Educação, há alguns dias atrás você falou com a Valéria a respeito de formação, pois é gostaria que entrasse em contato urgente, para acertarmos estes encontros. Aguardo contato, Shirley

  8. 29 de setembro de 2011 at 12:07

    Oi, Marina!
    Tudo bem com vc? Foi ótimo te reencontrar, mesmo na correria.

    Preciso falar com vc.

    Lá vai meu contato 11 9970 1690

    bj
    isa

    11 99701690

  9. Consolação
    30 de janeiro de 2012 at 16:00

    Marina, gostei muito de suas idéias, acabei de me formar em psicologia pela UNINOVE, e tenho interesse em trabalhar com, crianças usando a fenomenologia. Conversando com uma amigo e professor João Pedro, ele me falou sobre seu trabalho, fiquei muito interessada. Durante o curso tive apenas um ano de fenomenologia, entretanto gostaria de saber com seus curso posso me aprofundar nos estudos sobre a fenomenologia e conhecer melhor seu trabalho.

    Como posso participar dos crusos ?
    Consolação Obs( mas todos me chama de Sol )

    • agachamento
      30 de janeiro de 2012 at 18:24

      Sol,
      ok, ficarei com seu contato, os Grupos de Estudo devem ser retomados por mim de março a junho/2012, ok?
      continue entrando no site, tem sempre novidades!!
      um abraço
      da Marina

  10. Rhegysmere Alves
    7 de novembro de 2012 at 21:58

    Olá, professora Marina. Muito bom recebê-la em Mato Grosso e poder ser contemplada com suas leituras da infância. O cenário do SEMIEDU 2012 na UFMT tomou outros contornos com suas contribuições….. Parabéns

  11. Regina Maximiana
    25 de março de 2013 at 23:15

    OLá,professora Marina. estou gostando muito do curso Arte e Infância

    • agachamento
      25 de março de 2013 at 23:48

      Que bom Regina! Espero que aconteçam mudanças no cotidiano das crianças! Um abraço da Marina

  12. Silvana
    22 de abril de 2013 at 19:07

    Marina, vim matar a saudade. Como tá bonito o teu site! Parabéns!!
    Beijos

    • agachamento
      22 de abril de 2013 at 23:08

      Silvana! Que bom seu elogio, que honra sua visita!! Bjos também saudosos da Marina

  13. Diana Bautista
    25 de abril de 2013 at 12:08

    Olá!
    Marina que site mais legal!
    Eu contato você hoje com uma consulta, eu sou colombiana e estou fazendo mestrado no Rio de Janeiro. Tenho um amigo que está propondo um seminário sobre a Infância, os Direitos e a Imagem das Crianças nos medios de comunicação feito em paises diferentes. Então queria saber se o tema é interessante para você e se você conhece professores ou outras pessoas que refletem sobre a CDN, o ECA, a estetica e a ética da imagem das crianças nos medios de comunicação.
    Agradeço a informação,
    Abraços,
    Diana

  14. Fabíola Freire Saraiva Melo
    19 de fevereiro de 2017 at 13:34

    Marina, o tempo passa e seu site está cada vez mais rico! Que bom que temos você, com tanto talento, conhecimento e sensibilidade, que segue firme militando por uma infância lúdica! Seu trabalho é luz e esperança em tempos sombrios. Saudade de nossos encontros presencias, mas grata demais por nossas trocas ainda que virtuais. Sempre é maravilhoso aprender com vc! Bjs, Fabíola

    • agachamento
      19 de fevereiro de 2017 at 14:11

      oi Fabíola! fico feliz com suas palavras, e sua consideração!
      diria que a militância estaria mais na chave de uma “infância lúcida” rs, ao invés de “lúdica” — apenas porque o uso do “lúdico” está hoje um pouco no campo dos “úteis e fúteis” da educação e seu consumo, sabe como?
      bjos, com carinho
      da Marina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


oito + = 12