Ano novo, textos novos

Começo o ano novo podendo compartilhar com os leitores do Agachamento dois novos textos publicados em importantes revistas on-line: Rumo a possíveis dramaturgias do espaço (Revista Moringa – Artes do Espetáculo, UFPB) e Teatro e infância, possíveis mundos de vida (e morte) (Revista aSPAs, USP).

Posso dizer que o primeiro texto deixa transparente para o leitor a (re)construção de minha pesquisa acadêmica hoje, cujo cerne é a noção de espacialidade, na perspectiva da fenomenologia e com foco no que nomeio a “dramaturgia do espaço” – algo rico em teatralidade e que remete à capacidade humana da imaginação, e portanto, retorna, em meus escritos, ao que Winnicott chama de “espaço potencial”. (Outras postagens já comentaram este conceito e sua riqueza).

O segundo texto considero que fecha ou sintetiza como penso as relações entre teatro e infância hoje, em diálogo com o pesquisador argentino radicado no Brasil Walter Kohan, que esteve na UFMG no evento II Seminário Arte e Diferença: Infâncias. Meu pensamento cresceu, encolheu, expandiu, intimidou-se, e agora escrevi a convite, para a Sessão Especial da Revista aSPAs; fiz, portanto, um esforço de retomada: desde a experiência com o Teatro Ventoforte na década de 1980, passando pelo ensino do teatro para crianças e jovens na EMIA e revisitando os Cacos de infância e os Territórios do brincar – minhas pesquisas de mestrado e pós-doutorado, respectivamente. Para o leitor, vale a pena acessar todos os textos deste volume da revista, que tematizam “Teatro e infância”, para entrar em contato com pontos de vista diversos sobre o assunto.

Espero que gostem dos textos… e que usem o espaço deste site-blog para conversa e debate. Boa leitura!

 

1 comment for “Ano novo, textos novos

  1. Taís Ferreira
    11 de janeiro de 2015 at 18:15

    é nóis na fita, colega! besos de mortadela bolognesa (ryyyyyyca mortadela!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


4 + = cinco