Dá pra fazer diferente

performance no evento II Seminário Arte e Diferença: Infâncias

Com o final do ano, surgiu em mim uma sensação boa e interessante: de que dá pra fazer diferente. Digo isso porque, antes de prestar concurso, resisti demais a entrar na vida acadêmica “estrito senso”; achava que ia sofrer por precisar me tornar séria e sofisticada, permanecendo assim todos os dias, horas e minutos… No entanto, na experiência até o momento na UFMG, permaneci com meu humor e alguma simplicidade, mesmo que por vezes não compreendida: mas nunca retaliada.

Fiz diferente várias das funções obrigatórias e necessárias; fiz diferente a subcoordenação do curso de teatro, junto ao professor Tadeu, estando presente sempre que necessário; fiz diferente a orientação dos Trabalhos de Conclusão de Curso, levando os alunos a um caminho biográfico e reflexivo; fiz diferente a colaboração em um curso de formação de professores, levando a fenomenologia para professoras de crianças pequenas; fiz diferente os modos de avaliar os alunos, criando “estudos de caso” como mote de discussão e propondo um pensamento em processo sobre o ensino do teatro; e especialmente em 2014, pude fazer diferente junto à professora Denise Pedron, que me convidou a organizar um seminário com ela… Não por coincidência — pois me convidou por afinidade — o nome do seminário era: Arte e Diferença. Sugeri a ela fazermos uma edição do seminário sobre infâncias, e assim fizemos.

Fico feliz por ter encontrado em Belo Horizonte, em diversos âmbitos, parceiros que compreendem meu humor e valorizam um tipo de saber: compartilhado, trocado, narrado ao outro, que ouve e diz de si. Tive um (bom) ano de trocas compartilhadas, e agradeço por isso:

Feliz Ano Novo a todos que por aqui agacharam!


foto da postagem: Daniel Protzner

 

4 comments for “Dá pra fazer diferente

  1. Vânia Silvério
    31 de dezembro de 2014 at 20:41

    Ei Marina,continue fazendo diferente e fazendo a diferença na vida de quem tem o prazer de ter trocas compartilhadas com você. Feliz 2015!

  2. Raysner de Paula
    1 de janeiro de 2015 at 15:17

    Que bom compartilhar contigo este tempo e vários espaços!

    Que boa brisa-Marina.
    Bora bora inventar um 2015 bonito pra gente…

  3. Taís Ferreira
    11 de janeiro de 2015 at 18:22

    marina, vamos ser sérias e sophysticadas juntas??? ahahahahhaha bejones

    • agachamento
      12 de janeiro de 2015 at 10:43

      Já somos!! rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


× nove = 36