Sinal dos tempos

até papais noeis tem medo!?

Ontem, sexta-feira dia 12 de dezembro, assistindo ao telejornal, me surpreendi com a seguinte imagem: homens que se fantasiaram de papai noeis fugindo da polícia… e não eram ladrões, eram grevistas italianos!

Houve um movimento de greve geral na Itália.

Corri para a internet para buscar essas inusitadas imagens, para postar no Agachamento e comentar… e eis que não eram tão fáceis de achar! Tive a seguinte intuição: estão protegendo as crianças…

… pois como foi ver na televisão papais noeis fugindo da polícia?

Quem é o mocinho, quem é o bandido?

de presente, o desemprego

Explica-se uma “greve geral” e “estratégias de guerrilha” (vestimentas comuns a todos, de modo a dificultar o reconhecimento individual, e o uso de um inegável símbolo de consumo, festas, bonanza… espécie de “neutralidade suspeita” cheia de ironia) para uma criança?

Penso que sim. São sinais dos tempos. Trata-se da mesma complexidade e globalização, palavras chave que para alguns traz e define o que é “contemporâneo”…

Vivemos assim, este é o nosso mundo. Conversar sobre as leis do trabalho e sobre o que é uma greve… parece importantíssimo, exatamente para que as crianças não fiquem marcadas por imagens ambíguas e até mesmo persecutórias – seja do papai noel, seja do policial. Conversar é instaurar diálogo e saúde psíquica. No entanto, nas minhas observações cotidianas da infância belorizontina por exemplo, percebo muita pouca capacidade para a conversa por parte dos adultos; ontem mesmo, vi uma menina de pouco mais de um ano de idade ser colocada numa ‘paisagem de plantas’ para um retrato… sem nenhum dizer sobre isso! Era como se ela fosse largada ali, numa floresta do parque municipal, pois a mãe e a avó tomaram certa distância para fazer a foto. Seu rosto dizia: “Como assim?” Mamãe e vovó não respondiam, apenas ‘curtiam’.

criatividade e performance estratégicas

1 comment for “Sinal dos tempos

  1. Lucas Fabrício
    19 de dezembro de 2014 at 16:33

    O Parque Municipal sempre oferecendo boas reflexões sobre infâncias e sua cultura. Saudade de caminhar por lá…
    Acompanhou esse evento, Marina?
    http://www.belfasttelegraph.co.uk/news/local-national/northern-ireland/santa-claus-run-tens-of-thousands-of-runners-raise-sackfuls-of-cash-for-charities-30806340.html

    Abraços,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


6 − cinco =